21 agosto, 2010

XLIX - Sem Criatividade

Ando sem criativadade. Não, não tenho mais a mesma criatividade de antes. Imaginar e jogar com as palavras se tornaram um desafio do qual as barreiras são bem maiores que eu. Maior que os arrnha-céus, maior que o rodoanel. Tão grande que as nuvens olham para cima pra poderem ver. Veem as estrelas que vem de anos-luz de distancia e quando chega, se deparam com essa barreira. Barreira essa que já passou pela velocidade do som e da luz, das pegadas do homem na lua, de todo o lixo e sondas espaciais.
Postar um comentário