01 dezembro, 2010

LI - Beleza Feia

Linda, deslumbrante, eu diria quase perfeita se não fosse os defeitos. Não vê? Olha bem! Seus defeitos a torna solitária. Veja lá, caminha sozinha de novo. Antôni, Alcides, Eduardo, Dorival e tantos outros. Quem mais tentará? Quem mais quererá?

Pois bem, pergunte a eles. Vamos, pergunte! Ou vai me dizer que também não tem curiosidade de saber o que ela tem de tão errado. Se ela é assim tão perfeita para você, seria interessante entender porque os outros a largaram, não acha?

Ciumenta para alguns, metódica para outros, há até quem diga que na cama, não presta, é frígida. Não parece né? Linda, perfeita, sorriso, voz, articulação de palavras, até quando espirra traduz o ambiente com alguns movimentos deslumbrantes. Mas porque assim, sozinha?
Postar um comentário